Uniforme escolar com chip denuncia aluno que cabula aula

by

Quando ouvi essa notícia no rádio fiquei chocado. Há muito tempo, alguns pais vêem delegando à escola a função de educar o seu filho. Estou falando da educação básica, aquela que deveria vir da família. Agora a escola vai devolver na mesma moeda?

Saber se o aluno está ou não cabulando, e cuidar para que isso não ocorra, é sim função da escola. Instala-se um chip no uniforme e pronto? Isso é cuidar?

A ideia já foi testada no ano passado e agora será implantada. O uniforme já vem com o chip instalado. Ao passar pelos portões da escola um sinal é enviado para um sensor registrando a presença do aluno. Caso ele não registre a presença até 15 minutos do horário de entrada um aviso por mensagem SMS será enviado para o celular do pai ou responsável.

Procurei a notícia por escrito e vi que isso será feito em uma escola publica em Vitória da Conquista (Bahia) e então relevei um pouco, afinal sabemos como o ensino público vem sendo tratado, na maioria das vezes. Não é rara a falta de um professor durante um bimestre inteiro. Imagina então dispor de um funcionário que possa cuidar da cabulação, ou não, do aluno.

Mas mesmo sendo para uma escola pública não concordo com o recurso. Mais uma vez o uso que se faz da tecnologia é no controle e na fiscalização e não em algo inovador. Substitui-se o cuidar, de um dedicado funcionário (ou vai me dizer que você não se lembra dos fiscais de corredor e de pátio da sua escola?) pela frieza de um sensor de presença.

Acho incrível que as pessoas acreditem mesmo que a presença de câmeras, sensores, alarmes, funcione. Será que os assaltos, violências diminuem com tantas câmeras espalhadas pelas cidades?  Será que elas cumprem o papel de aumentar a segurança ou servem somente para preencher os horários nos telejornais, com imagens “surpreendentes”. Os crimes continuam ocorrendo, mas agora os criminosos podem sorrir para a câmera.

Vamos voltar ao exemplo da escola: será que nessa escola o índice de alunos que matam aula vai cair à zero?

Claro que não. Basta que o aluno que deseja matar a aula, peça ao seu colega que entre com o uniforme dele na mochila. Todos pensarão que o aluno encontra-se dentro da escola, e aonde ele andará?

Investimos tempo demais em cuidar de problemas que são exceção. O problema da educação não é a cabulação da aula. O problema da educação é O QUE SE ESTÁ FAZENDO DURANTE ESSA AULA.

Uniforme com chip registra falta de alunos em escolas na Bahia – Jornal do Brasil – Capturado de: http://www.jb.com.br/pais/noticias/2012/03/21/uniforme-com-chip-registra-falta-de-alunos-em-escolas-na-bahia/ acesso em 23/03 de 2012

Tags: ,

8 Respostas to “Uniforme escolar com chip denuncia aluno que cabula aula”

  1. Eduardo Amaral Says:

    Argumento irretocável. Parabéns pela clareza e pela clareza dos propósitos escolares que perseguimos.

  2. André Botelho Says:

    Oi Jáco,

    Essa notícia aqui também é assustadora (e um pouco antiga):

    Para os usos com a segurança o uso das câmeras já é questionável, mas nesse caso é pior ainda. Será que estão esquecendo que reprimir tanto os comportamentos só gera neuroses e violências mais elaboradas? Ou querem voltar mesmo para 1984?

    Abs

    • blogs oswald Says:

      nossa, andre. que horror. vou continuar esse assunto já no proximo post, colocando esse video. No ibmec (Insper) já havia cameras, mas eles diziam que ninguem olhava, apenas para verificar roubos de notbook. mas numa escola pública e dessa forma é assustador. abraço e mais uma vez obrigado.

  3. Marineide Says:

    Jacó, isso vai levar o tempo dos alunos descobrirem a mochila do colega como você mencionou. É uma pena que alguns pais acham que a educação do filhos é responsabilidade da escola, e esquecem da base da família, se essas crianças tivessem uma base em casa dificilmente estariam matando aula. Abraço.

    • blogs oswald Says:

      Pois é Mari. Na verdade matar aula não é um problema tão grave assim, acho importante que exista uma certa trasgressão. O problema é o aluno matar a aula e não sentir que perdeu algo. Mata-se a aula e não há consequencia. É como se aula não fizesse falta. beijo

  4. Aluna do E.M Says:

    Eu concordo que tenhamque por chips nas camisas dos aluno, pelo fato de muitos ”matarem” aula, também para passar mais segurança para seus responsáveis,que por morarem longe e trabalharem cedo, não conseguem acompanhar o horário da chegada de seu filho na escola. Porém, muitos não vão aceitar pelo fato de passarem desconfiança para seus filhos e acharem que isso vai influenciar na educação.Só que isso não é desconfiança é um ato de segurança para que seus responsáveis possão controlar a chegada deles em casa, porque, se por algum motivo o aluno não chegar em casa no horário mais ou menos definido.

    • blogs oswald Says:

      Obrigado pelo comentário Beka. Não sei se é realmente uma questão de segurança. Acompanhar se a pessoa chegou ou não na escola ou em casa não aumenta a segurança, porque se algo acontecer , vai acontecer, independente de ter o chip ou não.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: