Quem faz a programação do facebook?

by

Quem de nós nunca reclamou da programação da televisão brasileira? Dia de domingo então é motivo de piada.

A discussão mais simples é a dicotomia entre:

– A programação é ruim porque quem decide quer manter o povo ignorante;tv-digital

– A programação é ruim porque o povo é ignorante e não se interessa por coisas de qualidade;

Sei que a questão não é tão simples como essas duas visões, mas acredito que por ser uma concessão pública as TVs deveriam ser obrigadas a escolher uma programação de boa qualidade. Não que todas fossem obrigadas a seguir o modelo da TV Cultura, mas deveria existir mais diversidade. Há um enxame de programas iguais, onde só se muda o apresentador. Basta que algum programa faça certo sucesso de ibope que praticamente todos os canais copiam o modelo. Há uma pobreza de imaginação e criatividade. Sem contar o baixo nível cultural.

Creio que o objetivo nem seja mais o de manter o povo na ignorância, como nos tempos da ditadura. No fundo o objetivo maior é a venda de produtos. É a fórmula tacanha: como maximizar minha venda minimizando meu investimento.

Pois bem, a internet tão propalada como a revolução da telecomunicação, a chance de nós pobres mortais fazermos nossa própria programação. A internet não tem dono, não tem censura, é impossível controlar. Vai ser a libertação da sociedade.

Passe algumas horas pelo “feed de notícias” do  facebook e me diga: O que você acha dessa programação? O que se pode aproveitar? O que tem de interessante?

Será que estamos aproveitando bem essa poderosa ferramenta?

Ou estamos reproduzindo exatamente a mesma pobreza de nossos programas televisivos?

E a quem vamos culpar agora?

cabeça oca

 

 

 

Tags:

8 Respostas to “Quem faz a programação do facebook?”

  1. Maria de Lourdes Carvalho Figueiredo Says:

    Faço da minha página aquela que gostaria de ver. Porem,tem o vício da banalidade , a desculpa é que é uma rede social,para bater papo…mas,se ^você vai conversar com seus amigos não vai falar de assuntos que te interessa?!!!

    • blogs oswald Says:

      Oi Maria de Lourdes! Sim é uma rede social, e as banalidades acontecem claro. Eu mesmo queria ter visto a final do jogo da libertadores com vários amigos, mas não foi possível e fiquei no face postando várias bobeiras sobre futebol no calor do momento e da alegria. Mas isso é diferente de ficar “praticamente todo tempo” escrevendo banalidades, bobeiras, mensagens ridículas, preconceituosas, etc..etc….
      Não acho que tem que ser algo sério ou profundo, para isso existem grupos específicos que você pode entrar, fóruns. Mas procure fazer um teste, verifique as 100 coisas que foram postadas ou compartilhadas de sua página e conte quantas delas foram interessantes, te agradaram, te fizeram pensar, te emocionaram, ou te alegraram. É como se fosse um garimpo, onde precisamos vasculhar toneladas de areia e entulho para encontrar algo precioso. Talvez no meu caso seja porque não fiz um filtro, adiciono praticamente todo mundo que me pede, como professor tenho mais de 500 alunos por semestre, não conheço a grande maioria deles (conhecer como amigo quero dizer. Alguns amigos só adicionam amigos e dessa forma acabam compartilhando coisas de maior interesse comum, mas acho que isso vai contra o principal espírito do face que é possibilitar uma rede mais ampla de pessoas, por isso não filtro. Banalidades, ócio, piadas, são coisas importantes para desestressar. Para nos desconectar do mundo profissional, para relaxar, mas um mar de banalidades é um grande desperdício de tempo. E o pior, estamos desperdiçando uma ferramenta que poderia ser utilizada para coisas mais interessantes. Tem bastante coisa interessante no face, mas elas ficam perdidas no meio de tanto lixo. Desculpe o desabafo e Obrigado pelo comentário.

  2. André Tavares Says:

    Brilhante questionamento professor!
    Particularmente eu prefiro não compartilhar dessa irracionalidade propagada nas redes sociais. Sou visto quase como um legítimo ser a margem da sociedade por até hoje não ter feito um perfil nesse tal de Facebook. Já até ouvi dizer por aí, que a mente mais brilhante de todos os tempos pertence justamente ao criador dessa rede, afinal foi ele o ser humano mais jovem a se tornar um bilionário(?!). Hoje nossos heróis são os jogadores de futebol, as modelos internacionais e os palhaços de plantão.
    Obrigado por ajudar a difundir em meio a tanto lixo intelectual, o que temos de mais precioso, nossa ciência, apesar de muitos ainda não conseguirem enxergar essa realidade.

    Saudações comunistas e materialistas.

    • blogs oswald Says:

      Obrigado pelos comentários André. Que bom que vc é mais um que nada contra a correnteza. O mundo sempre cultuou os heróis e não sei dizer se o critério sempre foi bom ou ruim. Mas concordo com você, hoje em dia nossos heróis são bons exemplos para um crescimento cultural e intelectual de nossa sociedade. Espero que isso mude em breve. abraço

  3. blogs oswald Says:

    Jacó, adorei o post. Você bate na tecla certa: os meios não são a revolução, as pessoas é que são. Abraço.
    Adriano

  4. Thiago Cuter Says:

    Jacó, deveria ter visto seu blog antes, simples e objetivo, ótimo post. Também quero agradecer pela aula de ontem – 29/04/13 – (EB – UNIP Alphaville – Turma U), o interessante além do conteúdo da aula, foi a didática aplicada…para alguns alunos que como eu trabalham e acabam ficando cansados com a mesmice das aulas, foi uma grande injeção de ânimo…um ótimo diferencial.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: