Um bilhão de famintos

by

Assine a petição para acabar com essa vergonha.

Este blog é sobre ciência e tecnologia, por que então falar sobre fome?

Primeiro porque antes de tudo sou um educador, portanto não posso me ausentar dessa incumbência . Segundo porque a tecnologia tem um papel importante no combate à fome, se não vejamos:

Em 1789 o economista britânico Thomas Malthus publicou um ensaio onde fazia previsões alarmantes. Segundo ele, a população humana crescia em progressão geométrica (crescimento onde cada novo termo é multiplicado por um fator constante, Ex.: 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128) duplicando a cada 25 anos, enquanto a produção de alimentos cresceria em progressão aritmética (crescimento onde a cada novo termo é somado um fator constante, Ex.: 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14), além disso o aumento na produção de alimentos estaria limitada a área de plantio. Dessa forma o crescimento populacional cresceria numa velocidade muito superior a produção de alimentos (veja gráfico ao lado), o que ocasionaria fome, guerras, doenças, disputas por terra e outros males.

Curvas de crescimento

Felizmente as ideias de Malthus estavam erradas, justamente porque ele ignorou o avanço tecnológico. A presença da tecnologia na produção de alimentos faz com que a produção dos mesmos cresça, mesmo para uma área de plantio fixa.

Podemos dizer atualmente que o problema da fome não é um problema de crescimento populacional, ou por falta de alimentos. A população mundial está em torno de 6 bilhões de habitantes, enquanto a produção atual de alimentos daria para alimentar 9 bilhões de pessoas. A questão então é de distribuição e não de produção.

Apesar do número da produção de grãos (milho, soja, entre outros) aumentar a cada ano, basta observar os recordes constantes da produção brasileira, a maior parte destes grãos é para produção de ração de gado, porcos e aves. Ou seja, enquanto 1 bilhão de humanos passam fome, temos animais engordando para nosso churrasquinho do fim de semana.

Não estou querendo fazer campanha para o vegetarianismo, até mesmo porque sou um carnívoro inveterado (apesar de admirar os vegetarianos), mas estou pedindo que assinem essa petição. Tentaremos assim pressionar os governantes mundiais a considerarem o combate a fome uma preocupação real.

Basta clicar no site abaixo e assinar a petição, depois encaminhar aos seus amigos o link.

http://www.1billionhungry.org/professor8/

Veja o vídeo de chamada da campanha apresentado pelo ator Jeremi Irons:

Referencias: http://www.geomundo.com.br/index.html

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: